Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘gp3’

Fear and Loathing Mônaco – Final de semana  frustrante para quem esperava algo diferente da etapa da F1 – ok, temos mais um vencedor na temporada, o sem sal Webber.

Antes, na GP3, preliminar do evento oficial, o piloto russo Dimitry Suranovich assumiu uma postura anti-desportiva de assustar. Gilles Villeneuve às avessas, defendeu sua posição após perder a asa traseira, usando todos os meios possíveis para bloquear a passagem do  norte-americano Conor Daly na estreita pista urbana.

O terrível acidente na saída do túnel poderia ter graves consequências; a perda da licença para disputar provas automobilísticas é o mínimo desejado ao infame russo.

Poucas emoções na F1; apenas Pérez deu algum movimento à prova ao largar em último e quase pontuar.

A batida na partida tirou Koba da disputa e deu grande susto em Schumacher. O veterano, que cumpria punição e por isso não largou na ponta, mais uma vez deixaria de completar uma etapa – Rosberg o domina com facilidade.


A expectativa de chuva, que daria para Vettel um pulo do gato, não se confirmou. Seu companheiro de equipe venceu e empatou a vice-liderança do campeonato.

Campeonato que segue sendo liderado por Alonso. O espanhol faz uma de suas melhores temporadas, tirando mais resultados do que qualquer envolvido na criação do carro deste ano jamais poderia projetar.

E Jenson Button penou diante da Caterham de Kovalainen, para o constrangimento dos olhos atentos de Antonio Banderas.

Where the Buffalo Roam – A Indy 500 é sempre um barato de se acompanhar. Esse ano havia o batizado do chassis novo e a estreia de dois veteranos da F1 como atrações.

Após o hino, o voo dos aviões e o “start your engines”; após trocas seguidas de vácuo com seu companheiro da Ganassi, a atuação monstruosa de Kanaan animando as últimas voltas e a iniciativa transloucada de Sato em busca da vitória na última volta; Após 3 horas de fritura, Dario Franchitti se tornaria tri-campeão das 500 Milhas de Indianápolis.

Will Power e Mike Conway deram a grande pancada da prova:


E por fim: Um dos ex-personagens da F1, o homenageado em Mônaco, receberia bandeira preta por desempenho abaixo do aceitável no oval; o outro realizaria uma prova honesta e competente.

Read Full Post »