Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘reforma’

Pois não é que as coisas estão andando! O projeto da família, apresentado aqui em post de meses atrás, volta com novidades.

Em algum lugar de Florianópolis o irmão do meu Fusquinha 1969 está recuperando o seu “shape” original. Na foto já vemos a frente do ano correto, 1977….a traseira também já está lá, voltará alinhado e pronto para pintura.

Carroceria ficando pronta, chassi e mecânica passam a ser a bola da vez na recuperação do “Frank”.

Ando imaginando a danada com umas rodas de Porsche 914. Imaginar não paga.

Read Full Post »

O filósofo e educador Paulo Freire escreveu em “Pedagogia da Autonomia”, livro para professores, que acrescentamos algo no mundo que não fizemos por culpa da criatividade, fruto da curiosidade que nos move.

Bueno,  isto implica correr riscos ao construir algo. É uma opção muito cômoda preferir um produto pronto, mas assim a realização durante o projeto inexiste, e apaga-se a personalidade do autor – Já pensaram que estórias sem graça os netos ouviriam de seus avós se assim fosse?

Meu pai começou a reconstruir uma Puma 1977. Projeto para uns dois anos de batalha, mas como dito nos dois parágrafos anteriores, esses dois anos serão tão interessantes quanto o uso e as histórias que virão dela pronta.

O carro nasceu em 1977, tal e qual este aí de baixo

Pelos anos 80 o dono anterior – a cara do ex-piloto Jorge Fleck – bateu ela e optou pela troca da sua carroceria para o modelo posterior. As fotos da sequência são as da Puma com a nova carroceria.

É esta que hoje meu pai reconstrói, de certa forma eu e meu dindo também.

A infeliz foi comprada por um “artista da fibra” em algum lugar dos anos 2000 e começou um processo de transformação em algo. A traseira foi encurtada, surgiram entradas de ar, novos para-choques, novas lanternas…e ainda viria um motor AP.

A ideia é devolver a Puma a sua forma original, a da primeira foto, mas na cor branco pérola – meu Fusca 1969 pediu exclusividade. Temos portas, vidros, acabamentos e mecânica. A carroceria foi entregue para receber de volta traseira e frente corretas, ganhar um tratamento geral. Depois virão os próximos passos

A foto abaixo é dela já desmontada em Florianópolis, de saída para o fibreiro. E o projeto de longo prazo do meu pai já tem até história.

Read Full Post »

Quando se encara a reforma de um carro, duas das dificuldades que mais jogam contra a disposição durante os primeiros tempos da empreitada são o tempo e o investimento feitos no que não aparece aos olhos. Mecânica, elétrica, e tudo aquilo que resulta em segurança ao rodar.

E o que mais se quer é rodar, carro existe para isso.

Penei durante as primeiras etapas da reforma (não restauração, não optei pela originalidade) do meu Fusca 1969. O dinheiro suado foi, durante 15 dos 18 meses dela, gasto justamente no principal, mas menos aparente. Refiz linha de combustível, elétrica, freios, embuchamento, troquei o cabeçote do chassi, setor de direção…um exercício de persistência, onde comprar um frisinho ou qualquer outro ítem de acabamento era nada mais do que relembrar que o resultado final ia, sim, ser aparente e compensador.

Terminada a parte mecânica, vi o que é apaixonante durante o ato da reforma e/ou restauracão de um veículo. Deixar como imaginamos ao batermos os olhos nele pela primeira vez, acabado, um galinheiro por dentro, tristonho por fora…a cereja do bolo é revelar como idealizamos o carro quando este ainda não passava de um projeto, uma ideia maluca, a vontade de realizar algo.

Nessa semana me sinto um vencedor. Compartilho com vocês recordações da última etapa, o espaço onde eu pretendo, durante muito tempo, curtir os baratos, os passeios, momentos e amizades que esse meu projeto, enfim pronto, trará; é hora da retribuição.

Read Full Post »